Postado em 02/01/2019 | Compartilhar com


Minasul renova Rainforest Alliance Certified
Certificação que garante aos consumidores práticas ambientalmente e socialmente responsáveis


As práticas agrícolas corretas – social e ambiental – têm sido uma exigência primordial no agronegócio mundial, sobretudo com a crescente demanda do setor. Nesse sentido, as certificações ganharam relevo nas propriedades e empresas agrícolas, principalmente na última década. Mais do que um selo, as certificações são frutos das preocupações dos consumidores com as condições de produção, rendas dos produtores, preservação ambiental, redução de produtos químicos, entre outros.

Para que o consumidor possa diferenciar um produto dentro das práticas exigidas de um outro convencional, foram criados os selos de certificação. No entanto, para a obtenção dos selos, propriedades e empresas agrícolas precisam passar por um processo de análise, visitas e seguir práticas estipuladas por cada tipo de certificação. Sim, há um custo para os produtores, mas, em compensação, os produtos ganham valor agregado.

No setor cafeeiro, não é diferente. O consumidor está cada vez mais exigente: além de um grão com sabor e qualidade, ele quer um produto com responsabilidades social e ambiental. A Minasul, uma das maiores cooperativas de café do Brasil, para garantir aos cooperados processos comerciais condizentes com o modelo exigido pelo mercado, renovou, recentemente, a Rainforest Alliance Certified, um dos mais importantes selos do setor. Esse selo garante aos cooperados Minasul a continuidade das práticas iniciadas em sua propriedade, pois os armazéns que recebem o café também precisam estar alinhados às exigências.

A Cooperativa também possui a certificação UTZ e está apta a receber, em seus armazéns, o Certifica Minas, o 4C e o Fair Trade. Para esses, os produtores e as propriedades é que precisam ser certificados.  Ainda em relação aos armazéns da Minasul, as unidades de Oliveira, Lavras, Carmo da Cachoeira, Cambuquira e Varginha (sede) possuem as certificações Rainforest e UTZ. O armazém de Elói Mendes possui a UTZ.

Para atender o consumidor mais exigente e se destacar nos mercados interno e externo, é importante que o cafeicultor invista nas certificações. Uma vez certificado, o consumidor irá diferenciar e confiar no café. Para o cafeicultor, seu produto terá uma maior competividade no mercado.

Ainda que um programa certificador não seja barato, pois o produtor precisa adaptar sua propriedade, se adequar às normas cada vez mais exigentes e requisitos preestabelecidos por cada programa ou empresa certificadora, ainda assim vale a pena investir nas certificações. A longo prazo, os ganhos causam impacto muito positivo no negócio (benefícios abaixo).

Na Minasul, o Departamento Técnico oferece uma consultoria aos cooperados interessados em Certificar sua propriedade. Basta que o cooperado entre em contato com o Douglas Tenório pelos telefones (35) 3219 6980 e (35) 98452 9848 ou e-mail douglas@minasul.com.br.

 

Benefícios da Certificação

- Gestão e organização da base produtiva (a propriedade como negócio sustentável) com ganho na rentabilidade

- Melhoria da qualidade dos cafés com o seu devido reconhecimento e valorização e maior competitividade do produto nos mercados

- Melhorias ambientais e sociais na cadeia produtiva do café, visando a sustentabilidade da atividade e a qualidade de vida dos produtores e suas famílias

- Acompanhamento técnico

- Redução de passivos trabalhistas e ambientais

- Acesso a um maior número de informações, através de visitas a feiras e eventos e de cursos possibilitados pelos programas

- Rastreabilidade do produto

- Preservação de áreas de proteção biológica

- Implantação de medidas para reduzir acidentes e a insalubridade no ambiente de trabalho – com o uso de EPIs – Equipamento de Proteção Individual

- Economia com a redução de aplicações na lavoura – investe-se em tecnologias que auxiliam o monitoramento/manejo integrado, evitando aplicações desnecessárias e orientando a tomada de decisão sobre a pulverização de pesticidas, fertilizantes e corretivos agrícolas. Além da preservação ambiental, as certificações geram economia de custos com insumos agrícolas, mais segurança alimentar e saúde para o trabalhador e para o consumidor.

15% Catação - SACA 60KG
Data Cereja Des. Dura Riada Dura R.R. Rio
VER HISTÓRICO

© 2017 MINASUL - TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO | Todos os direitos reservados.