Postado em 20/04/2018 | Compartilhar com


27º Prêmio Ernesto illy contempla os melhores cafés do Brasil
Produtores de três regiões mineiras venceram o concurso de qualidade em 2018. Cooperados Minasul estavam entre os finalistas


 

Araponga, nas Matas de Minas; Carmo da Cachoeira, no sul de Minas e Ibiá, no Cerrado Mineiro. Destas três cidades mineiras, vieram os melhores cafés arábica da safra 2017/2018, de acordo com os resultados do 27º Prêmio Ernesto Illy de Qualidade Sustentável do Café para Café Expresso.

Raimundo Dimas Santana (Fazenda Santo Antônio), Maria D’Aparecida Vilela Brito (Fazenda Moendas) e Ângelo Nascimento (Fazenda São Pedro de Alcântara) foram os vencedores da edição nacional do concurso. Ficaram em 4ª, 5º e 6º lugar, respectivamente, os produtores Daniella Romano Pelosini (Pardinho-SP), CBI Madeiras LTDA (Capelinha-MG) e Gelci Zancanaro (Cristalina-GO).

Claudio Esteves Gutierrez, que é cooperado Minasul, foi o vice-campeão da Chapada de Minas na premiação Illy e, também, foi um dos finalistas do 25º Concurso de Cafés Especiais da Minasul em 2017. Maria D’Aparecida Vilela Brito uma das campeãs, também é cooperada Minasul. 

O Diretor Comercial da Minasul, Guilherme Salgado, que esteve presente na premiação, ressaltou que “o concurso da Illy é de suma importância para a Minasul, pois foi o primeiro concurso de café do Brasil e vem a 27 anos provocando os produtores a produzir cada vez mais cafés de qualidade”.

Os campeões irão à Nova Iorque em outubro para participar do 3º Prêmio Ernesto Illy Internacional, ocasião em que será revelada a ordem de classificação entre eles (primeiro, segundo e terceiro colocados). A premiação internacional reunirá 27 cafeicultores selecionados de 9 países que fornecem grãos  de qualidade para a illycaffè.

A cerimônia de premiação aconteceu no dia 12, em São Paulo e foi realizada por Andrea Illy e Massimiliano Pogliani, presidente e CEO da illycaffè, que falaram sobre o momento atual e o futuro da empresa. Eles também anunciaram a criação do International illy Coffee Club, um programa de relacionamento com cafeicultores, derivado de um projeto de sucesso desenvolvido com produtores de café no Brasil nos últimos 18 anos. Ahmed Legesse, da Etiópia, e José Abelardo Enamorado, de Honduras, vencedores do 1º e 2º Prêmio Internacional do Café Ernesto Illy foram especialmente convidados para esta cerimônia.

A torrefadora italiana também reconheceu os vencedores Regionais, o Fornecedor Sustentável do Ano e os Classificadores do Ano (veja a lista completa abaixo). Foram entregues, ao todo, mais de R$ 120 mil em prêmios.

 

Prêmio Ernesto Illy - Regional

Centro-Oeste
Campeão: Gelci Zancanaro (Cristalina-GO) 
Vice-campeão: Agrofava Cereais Exp. e Imp. Ltda. (Campo Alegre de Goiás-GO)

 

Cerrado Mineiro
Campeão: Ângelo Nascimento (Ibiá-MG) 
Vice-campeão: Ecoagrícola Café Ltda. (Francisco Dumont-MG)

 

Chapada de Minas
Campeão: CBI Madeiras (Capelinha-MG) 
Vice-campeão: Claudio Esteves Gutierrez (Capelinha-MG)

 

Matas de Minas
Campeão: Raimundo Dimas Santana (Araponga-MG) 
Vice-campeão: Simone Aparecida Dias Sampaio Silva (Araponga-MG)

Rio de Janeiro
Campeão: Francisco Nioac de Salles (Bom Jardim-RJ)

 

São Paulo
Campeão: Daniella Romano Pelosini (Pardinho-SP) 
Vice-campeão: Carlos André Dognani (Timburi-SP)

 

Sul de Minas
Campeão: Maria D’Aparecida Vilela Brito (Carmo da Cachoeira-MG) 
Vice-campeão: Ludgero Pimenta de Avila (Alpinópolis-MG)

 

Fornecedor Sustentável do Ano

Luiz Antonio Tonin (São Sebastião do Paraíso – Sul de Minas)

Classificador do Ano

1º lugar nacional - Luiz Evandro Ribeiro (Sul de Minas) 
2º lugar nacional - Maxwell Wesley de Morais (Cerrado Mineiro)
3º lugar nacional - Edenilson de Oliveira Cabral (Matas de Minas)

 

Com informações: Clube Illy do Café

Fotos: Twitter Clube illy do Café

 

15% Catação - SACA 60KG
Data Cereja Des. Dura Riada Dura R.R. Rio
VER HISTÓRICO

© 2017 MINASUL - TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO | Todos os direitos reservados.