Postado em 21/12/2020 | Compartilhar com


Mantiqueira de Minas é a grande campeã do 2º Concurso Qualidade Café AMAM
.


Valorizar os grãos de café produzidos pelas cooperadas mulheres é o objetivo da Minasul ao realizar, pelo segundo ano consecutivo, o Concurso Qualidade de Café AMAM (Associação das Mulheres do Agronegócio Minasul). Na última quinta-feira (17), a Cooperativa divulgou as vencedoras da segunda edição, que contou com 10 finalistas, sendo seis representantes da região Sul de Minas e quatro da Mantiqueira.

A grande campeã foi a cooperada Maria Helena de Carvalho Siqueira, proprietária da Fazenda Pedra Preta, em Cambuquira, cujo café alcançou a nota 90,38. “Fiquei muito feliz, a emoção foi muito grande, eu não esperava ser a grande campeã e agradeço todo o pessoal da Minasul pelo carinho e pela dedicação”, diz Maria Helena.

A produção de café de Maria Helena, que trabalha em conjunto com o filho Lauro Giovanni Carvalho Siqueira, se destacou em 2020 em vários concursos. Foram vice campeões do 28o. Concurso Minasul; campeões do 9º Concurso da Coccamig; e tiveram três lotes premiados no concurso Nucoffee Artisans, da plataforma Nutrade/Syngenta: 1º, 2,º e 9º lugares.

“Estamos fechamos o ano com chave de ouro com o 2º Concurso AMAM. E as pontuações vieram mais expressivas, com notas mais altas, talvez pelo fato de os grãos terem tido um tempo maior de descanso ou as cooperadas terem selecionados os melhores. Mas, sem dúvida, o resultado foi bem mais expressivo.  Com destaque para a Maria Helena, que se sobressaiu tanto em concursos da Minasul quanto regionais. O método de trabalho que eles tiveram - Maria Helena e o filho - durante todo o processo, fizerem com eles se tornassem premiados com esse trabalho nesta safra”, diz Francisco Lentini, Q-Grader e coordenador do Departamento de Cafés Especiais e Diferenciados da Minasul.

Outra cooperada que se destacou em 2020 foi a Cláudia Maria C. Bustamante Santana, do munícipio de Conceição das Pedras. No 2º Concurso AMAM, a cooperada obteve o segundo lugar, com nota 89,75, na categoria natural. No 28º Concurso Qualidade Minasul, Cláudia alcançou o terceiro lugar na categoria natural e os nono e 14º lugares no Cup of Excellente, da BSCA. Em 2019, Cláudia obteve, também, o segundo lugar na primeira edição do Concurso AMAM.

“Foi uma expectativa muito grande a gente acompanhar os resultados do segundo Concurso Amam. Até que veio o segundo lugar e foi uma emoção muito grande, muita alegria e ficamos vibrantes. Porque a gente não esperava, pois acompanhamos o resultado do 28º Concurso, e vimos muitas mulheres com cafés excelentes e que também participaram do 2º Concurso Amam. Por isso, a nossa alegria e entusiasmo com o segundo lugar”, comemora Cláudia.

A produtora comenta que “este ano, foi muito complicada a produção e a colheita de café, principalmente por causa da pandemia. Foram poucos funcionários e a colheita mais lenta, mas acho que isso acabou ajudando um pouco na qualidade, pois foi menos café no terreiro e demorou mais para finalizar os processos. O tempo também ajudou, pois não teve chuva e não atrapalhou os terreiros. A colheita não foi totalmente seletiva, mas fizemos uma pré-seletiva. Acho que esse foi o diferencial, que foi colher de forma mais lenta e usamos mais o terreiro e quase nada de secador.  Uns três dias de secagem no terreiro e já iam direto para a estufa, que tem um terreiro suspenso, que foi o local de finalização. Acredito que isso foi um grande diferencial”.

Agrocast

O Agrocast é um dos canais de comunicação da Cooperativa Minasul para você, produtor, a respeito do Universo Agro. Temas relevantes de commoditie, economia e sustentabilidade da agricultura brasileira toda semana para você. Então fique de ouvidos atentos!!

© 2017 MINASUL - TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO | Todos os direitos reservados.